domingo, 20 de março de 2011

Equilíbrio

Meus dias, semanas e meses estão tão corridos que até lembro do blog, mas a falta de horas e vontade é maior e acabo deixando de lado.

Nessas horas que me recordo de como eu protestava quando era menor "Nunca irei ser uma adulta chata!" e minha mãe respondia "Assim seja!". Os anos foram passando e minha mãe foi observando que cada vez mais eu estava parecida com meu pai: determinada, não levava desaforo pra casa e cada vez mais com um gênio difícil. Que fique bem claro que eu nunca dei trabalho para ela, nunca fiz coisas ilegais ou algo do tipo, mas a minha cabeça dura era demais. E ainda é.
Se a pessoa combina algo comigo é aquilo e pronto, se não cumpriu perde pontos de confiança. Sou do tipo que não cede nenhuma vez nada fora do acordado, pois "cedeu uma vez, cedeu duas vezes, três...".

As coisas pioram um pouco quando você começa a faculdade, a trabalhar, a namorar, a ter cada vez mais compromissos, etc. No meu caso, eu gosto de fazer TUDO bem feito e nos dias de hoje é difícil isso. É preciso tempo para isso e hoje o tempo é escasso e precioso. Te exigem demais e dão cada vez mais coisas para fazer quando percebem que você é responsável e não pensa simplesmente em jogar a merda no ventilador. Ou seja: você se ferra sendo bom ou não.

Eu estou tentando encontrar um equílibrio nisso tudo. Eu estou ansiosa para terminar a faculdade, ansiosa para crescer profissioalmente e espiritualmente, ansiosa para ter mais tempo, ansiosa para corrigir meus defeitos, e principalmente, estou ansiosa à espera do dia em que serei como a minha mãe: calma, nunca precisou levantar a mão para um filho, nunca precisou gritar dentro do lar e sendo desse jeitinho nunca foi desrespeitada e sempre impõe ordem.

Que Deus dê muita luz e permissão para todos nós nos aprimorarmos no dia-a-dia, é isso que vale a pena.

2 comentários:

Minofz disse...

bom as coisas vão se acertar amore, de verdade, na verdade já começaram a se acertar, e coisas muito melhores virão vc vai ver ^^


te amo mais do que tudo amoreee mio

=*** amo amo amo soh vc ^^

Renath disse...

Ja fui atropelador, sempre querendo as coisas alem do meu tempo... e hj as vezes ainda faço...rsrs, mas a vida sempre me diz, tudo tem seu tempo, paciencia e persistencia e fé, tudo se resolvera.